12 de dezembro de 2018

   
 O Jornal   |   Contato
 
Política
23/02/2018
Vereadores de situação fiscalizam e fazem cobranças a Prefeito

Foto: divulgação

Foto: divulgação

  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação

 

José Gonçalves Guimarães cobra resposta sobre recursos destinados ao HCJ, enquanto Mário Ferreira aguarda respostas sobre licitações da Prefeitura

 

Jaguaruna

 

Conforme já noticiado anteriormente aqui no Diário O Município, o ano de 2018 começou movimentado no Legislativo Jaguarunense. Logo na primeira sessão do ano, onde aconteceu a eleição do Vice-presidente da casa, fortes cobranças e críticas foram feitas à atual administração municipal. Destacam-se nesta seara os vereadores de situação que, pelo que se acompanhou nas sessões até agora, não se esquivam de dar seus posicionamentos, mesmo pertencendo ao mesmo partido do atual Prefeito.

Nesta toada, o vereador José Gonçalves Guimarães, popular Ramos (MDB), durante seu pronunciamento na tribuna da Câmara de Vereadores, explanou sobre o Hospital de Caridade de Jaguaruna. Destacou a situação de reforma, atendimento e recursos empregados pela Prefeitura, que já repassou mais de um milhão de reais ao Grupo Ideas, desde o começo do ano. “Sabemos e é notório que o hospital está recebendo uma bela reforma, porém, já foram repassados àquela entidade, através da Prefeitura, um total de um milhão trezentos e cinquenta mil reais, sendo que toda comunidade, através da própria Vereadora Tereza Nandi, tem se mobilizado para ajudar o hospital com pedágios e trabalhos voluntários, sendo louvável neste sentido”.

Ramos ainda disse que, junto aos demais vereadores, foi a favor do contrato de comodato com o Grupo Ideas e lembrou da cláusula 7.1, que diz respeito à fiscalização e acompanhamento pelos vereadores. O vereador ainda diz que, em agosto de 2017, fez um requerimento, onde foram pedidos dados sobre os depósitos de fundo de garantia para os funcionários, investimentos, fichamentos, entre outros. “Porém, não recebi uma resposta. É tão fácil imprimir um relatório, mas não houve esforço neste sentido. Solicitamos também os totais de FGTS, os totais da folha de pagamento dos funcionários, os totais nas folhas de pagamentos dos médicos. Uma coisa simples, porém, vi um descaso por não obter a resposta. Nós somos cobrados nas ruas do nosso município, pois fui um grande defensor desta parceria”, declarou.

O vereador encerrou sua exposição dizendo que o Grupo Ideas está deixando a desejar neste quesito: “Estou reforçando este requerimento para que o Ideas tenha consideração para com os vereadores e o povo Jaguarunense”, concluiu.

Outro vereador do MDB Jaguarunense que se destacou pelas cobranças foi Mário Goulart Ferreira. Na mesma sessão, ele solicitou requerimentos sobres licitações da Prefeitura de obras nos ensaibramentos e limpeza dos balneários. O edil solicitou, na tribuna, cópias do edital de licitação, com dados sobre a empresa ganhadora do certame, o valor pago à empresa e demais informações, principalmente nos trabalhos realizados na Estrada Geral do Laranjal.

Mário também solicitou as explicações se houve contrapartida do município: “Existe um questionamento sobre este ensaibramento e para que possamos explicar para as pessoas que nos cobram, temos que ter em mãos os documentos oficiais”, disse. A mesma explicação foi dada no pedido sobre a limpeza das praias, onde uma empresa também foi contratada para realizar os serviços.

O Vereador também solicitou que haja um realinhamento salarial para todas as categorias de funcionários da prefeitura, pois, segundo ele, já passaram cinco anos do último realinhamento salarial, que aconteceu em 2012. “Os salários estão muito defasados e estamos realizando um projeto com o apoio do sindicato dos servidores públicos para que realmente o executivo possa realinhar os salários dos servidores”, concluiu.

O segundo ano de administração começa, então, com pedidos de transparência na Câmara Municipal e feitos principalmente por vereadores de situação. A população pode acompanhar o desenrolar dos processos nas sessões ordinárias, todas as quartas, às 19 horas, na Câmara Municipal de Vereadores.



Fonte: Redação


comentrios

Sem comentrios, adicione o seu!

Deixe seu comentrio sobre esta notcia:
De:
Comentrio:
   
 
notcias relacionadas

Publicidade


© 2011 JORNAL O MUNICIPIO - Todos os direitos reservados - Produzido por