19 de agosto de 2018

   
 O Jornal   |   Contato
 
Política
07/03/2018
Ex-prefeito Luiz Napoli diz que está tranquilo sobre diligências da operação Águas de Prata

Foto: divulgação

Foto: JC Idalêncio

Foto: divulgação

Foto: divulgação

  • Foto: divulgação
  • Foto: JC Idalêncio
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação

Jaguaruna

 

A Polícia Federal, em operação conjunta com a Controladoria-Geral da União e a Receita Federal do Brasil, desencadeou, na última sexta-feira 02 de março, a Operação Águas de Prata, com o objetivo de reprimir organização criminosa que estaria infiltrada em dez prefeituras municipais da região Sul de Santa Catarina, desviando recursos públicos obtidos através de convênios com a União para obras de saneamento do PAC II e realizou diligências na Prefeitura de Jaguaruna e na sede do Samae e central do cidadão. Durante a diligência, foram levados diversos documentos que, segundo funcionários do setor de convênio da Prefeitura de Jaguaruna, serão investigados.

 

O Ex-Prefeito de Jaguaruna, Luiz Arnaldo Napoli, após ter conhecimento da diligência na prefeitura de Jaguaruna, diz que está muito tranquilo em relação ao que ocorreu sobre operação Águas de Prata realizada na última semana pela polícia federal em nossa cidade. Segundo Luiz, quem não deve não teme. “Nossa administração foi transparente, realizamos obras que há muito tempo os Jaguarunenses não recebiam e tudo foi feito com muita transparência.

 

A Operação Águas de Prata, segundo o Ex-prefeito Luiz Napoli, está sendo realizada em todos os municípios que receberam o PAC Saneamento. Somente em 2016 já foram realizadas diligências em 17 cidades do estado, nos municípios de Criciúma/SC, Orleans/SC, Siderópolis/SC, Cocal do Sul/SC, Jacinto Machado/SC, Araranguá/SC, Sombrio/SC, Balneário Gaivota/SC, Turvo/SC, Santa Rosa do Sul/SC, Arroio do Silva/SC, Forquilhinha/SC, Meleiro/SC, Urussanga/SC, Florianópolis/SC, São José/SC e Concórdia/SC, conforme matérias no site da própria FUNASA e agora chegou a vez de Jaguaruna, cidade que também recebeu a verba do PAC saneamento. Porém, aqui em Jaguaruna, o ex-prefeito disse que os recursos foram investidos na obra através da empresa que venceu o certame que foi a empresa SETEP - uma empresa de renome na região, e todos os pagamentos foram efetuados mediante as medições, fiscalização e as ordens bancárias da Funasa, aprovando as medições e os serviços realizados. O Ex-prefeito Luiz Napoli tem a garantia do Diretor comercial da SETEP que tudo foi feito na maior lisura e não existe nada irregular nesta obra, inclusive todos os trâmites da licitação que acusou o menor preço da empresa vencedora do certame. Os pagamentos conforme relatório contábil provam que tudo foi realizado conforme as medições aprovadas pela própria Funasa, que era o órgão que fiscalizava a obra antes da realização dos pagamentos. O Ex-prefeito Luiz Napoli salientou que não tem nada a esconder e muito menos a temer, e que os diretores da empresa Setep que realizou a obra em Jaguaruna já foram ouvidos inclusive pela polícia federal.

 

Luiz salientou  que  todos os pagamentos foram feitos  rigorosamente dentro das medições conforme relatórios  que podem ser visualizado pela população com os respectivos empenhos datas e valores  segue relatórios de pagamentos, vamos ver o final da diligência  que tenho certeza que não haverá irregularidades.



Fonte: Redação. Colaboração Portal Sul em Destaque.


comentrios

Sem comentrios, adicione o seu!

Deixe seu comentrio sobre esta notcia:
De:
Comentrio:
   
 
notcias relacionadas

Publicidade


© 2011 JORNAL O MUNICIPIO - Todos os direitos reservados - Produzido por