21 de julho de 2018

   
 O Jornal   |   Contato
 
Turismo
22/12/2017
Com a chegada oficial do verão, como Jaguaruna se preparou? Confira como está nosso litoral

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Foto: divulgação

  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação
  • Foto: divulgação

 

 

Jaguaruna

 

Ontem, quinta-feira (21), iniciou-se oficialmente o verão 2017-2018. E a cidade das praias, com um total de 37,5 km de orla marítima, é destino de muitos turistas nessa época do ano, que vem passar férias e finais de semana nos balneários Jaguarunenses. O movimento se intensifica nas semanas de Natal e Ano Novo, onde estima-se a entrada de mais de 100 mil pessoas no município. As praias são o principal atrativo, juntamente com as lagoas – principalmente a do Arroio Corrente – e o famoso Chuveirão.

Verificando as regiões litorâneas do município, pode-se perceber que trabalhos estão sendo realizados nos últimos dias. Consistem basicamente em cercas e sinalizações na orla marítima, além de um trabalho apenas paliativo de limpeza nos principais pontos dos balneários, evidenciando que as atividades foram iniciadas tardiamente, visto que em vários pontos fica claro que não foram sequer visitados. Com os quase quarenta quilômetros de costa, é evidente a dificuldade, vista a limitação de mão-de-obra e maquinários da Prefeitura Municipal.

Em um dos principais cartões postais de Jaguaruna, no Balneário Arroio Corrente, o famoso Chuveirão está em situação de abandono, em pleno fim de dezembro. A sujeira predomina no local, sendo ela composta tanto por vegetação e folhas, quanto por lixo espalhado. O pontilhão que existia no local foi misteriosamente retirado há algumas semanas, sem que se tenha até hoje a resposta devida sobre o ocorrido e sem a devida reposição. A pavimentação tem as lajotas levantadas, representando perigo principalmente para crianças e idosos que frequentam o local em número expressivo durante todo o verão. Isso sem falar nos limos que tomam conta das paredes do chuveirão e das saídas de águas, muitas entupidas e sem a devida limpeza.

O Balneário Paraíso, noticiado também há algumas semanas atrás pela sua situação caótica em relação ao lixo, teve parte da situação resolvida. Indo ao balneário, pela estrada geral da Figueirinha, ainda é possível ver muito lixo nas margens da estrada e nas dunas da orla. Além disso, observa-se em todo o litoral que faltam lixeiras nas praias, o que pode contribuir muito para uma sujeira generalizada.

Os balneários Jaguarunenses são conhecidos por sua tranquilidade e por serem extremamente propícios ao veraneio familiar. A limpeza e organização das orlas, ruas e equipamentos públicos são essenciais para que nossas praias sirvam a este propósito. Mesmo com os trabalhos feitos até aqui, é preciso mais.

Não foi possível contato com a Prefeitura Municipal.

 

*Colaboração e fotos: site Sul em Destaque



Fonte: Redação


comentrios

Sem comentrios, adicione o seu!

Deixe seu comentrio sobre esta notcia:
De:
Comentrio:
   
 
notcias relacionadas

Publicidade


© 2011 JORNAL O MUNICIPIO - Todos os direitos reservados - Produzido por